Aberto oficialmente a 7ª edição do Festival Internacional Música na Serra.

Aberto oficialmente a 7ª edição do Festival Internacional Música na Serra.

Ontem, 21, foi aberto oficialmente a 7ª edição do Festival Internacional Música na Serra. Festival que atrai conterrâneos admiradores de música clássica, turistas e estudantes do Brasil e exterior.  O primeiro dia do festival contou com o concerto da Orquestra Versatilis e mais solistas.

 A programação se estende até sábado (27), e as atrações são gratuitas  

Programação

Segunda-feira (22/7)

18h10: Concerto Acadêmico no Convento Franciscano

20h: Teatro Marajoara: Quarteto Coração de Potro &  Quinteto Versatilis 

Grupo lageano de música nativista, que tem uma sonoridade que reflete influências folclóricas de toda a América Latina se junta ao Quinteto Versatilis, um quinteto de cordas formado por professores do festival e que trará ao palco do Teatro Marajoara a fusão da sonoridade folclórica latina com o acompanhamento dos instrumentos de cordas da orquestra, com arranjos do maestro Jean Reis.

Terça-feira (23/7)

18h10: Concerto Acadêmico no Convento Franciscano

19h30: Concerto Acadêmico na Catedral Diocesana

20h: Quinteto Sujeito a Guincho, no Teatro Marajoara

Quinteto de Clarinetes, criado em 1991, o conjunto composto por grandes clarinetistas do país, inclusive o professor de clarinete do FIMS, Luís Afonso Montanha. O grupo  transita entre o erudito e o popular. No repertório, há espaço para Hermeto Pascoal, Gordurinha, Brahms e Vivaldi

Quarta-feira (24/7)

18h10: Concerto acadêmico no Convento Franciscano

19h30: Concerto Acadêmico na Catedral Diocesana

20h: Concerto dos Professores, no Teatro Marajoara

Um dos concertos mais esperados do festival é o concerto de professores. Várias formações instrumentais sobem ao palco e trazem uma grande diversidade de repertório para os ouvintes.

Quinta-feira (25/7)

18h10: Concerto acadêmico no Convento Franciscano

19h30: Concerto Acadêmico na Catedral Diocesana

20h: Apresentação do Ballet e Coro Infanto-Juvenil, e Orquestra Acadêmica, no Teatro Marajoara.

O Coro e o balé infanto-juvenil é formado com crianças e adolescentes da nossa cidade e que a cada ano vem surpreendendo o público com a qualidade de suas apresentações. A Orquestra Acadêmica é também constituída por alunos iniciantes em grande maioria de Lages, proporcionando assim, uma oportunidade desses jovens músicos participarem do festival. 

Sexta-feira (26/7)

18h10: Concerto acadêmico no Convento Franciscano

20h: Apresentação do balé adulto, classe de canto e coro Música na Serra.

O balé adulto é dirigido e coreografado por Lia Comandulli. A classe de Canto Lírico faz seu tradicional concerto trazendo beleza e expressividade. E o Coro Música na Serra é composto por coralistas de Lages, que recebe pessoas com e sem conhecimentos musicais que tenham interesse de fazer música em conjunto e participar ativamente do festival.

Sábado (27/7)

20h: Teatro Marajoara – O concerto de encerramento é o ápice do festival, com a Orquestra Sinfônica Música na Serra, formada pelos alunos bolsistas. Apresentará neste ano um programa de alto nível artístico. O Concerto para Violino e Orquestra de Tchaikovsky, uma obra desafiadora para o solista, que neste concerto será o professor Cármelo de los Santos. Outra grande obra que completa o repertório da noite é a Sinfonia nº 9 do compositor tcheco Antonín Dvoák, popularmente conhecida como sinfonia “Do Novo Mundo”, composta após sua mudança para Nova Iorque, onde Dvoák conhece novos gêneros musicais folclóricos e utiliza esses elementos na sua obra. A regência do concerto de encerramento é do maestro e diretor artístico do festival, Jean Reis.

Galeria

Veja também
Produtores comemoram a valorização da carne da truta na Serra Catarinense Produtores comemoram a valorização da carne da truta na Serra Catarinense
24 de agosto de 2019
Italianos visitam Lages para celebrar o aniversário da heroína Anita Garibaldi Italianos visitam Lages para celebrar o aniversário da heroína Anita Garibaldi
23 de agosto de 2019