Meteorologia mantém previsão de neve entre sexta e sábado

Meteorologia mantém previsão de neve entre sexta e sábado

O mês de agosto de 2019 começa com entrada de uma intensa massa de ar frio de origem polar no Sul do Brasil. Nesta sexta-feira (1), além de baixas temperaturas houve formação de geada na Serra Catarinense.

O mês de agosto de 2019 começa com entrada de uma intensa massa de ar frio de origem polar no Sul do Brasil. Nesta sexta-feira (1), além de baixas temperaturas houve formação de geada na Serra Catarinense.

Na Localidade de Pericó, Em São Joaquim, por exemplo, os termômetros registram a 0,1°C negativo segundo a Rede de Estações Keiser. Mas foi em uma baixada, em frente a Villa Francioni, onde frio se concentrou com mais intensidade deixando a paisagem branca recoberta por uma fina camada de gelo. Ao todo já são 21 dias com marcas negativas e 45 dias com geada em Santa Catarina.

Depois disso, o sol com poucas variações de nuvens deve aparecer todas as regiões, devido à atuação de uma massa de ar quente (sistema de alta pressão). Períodos curtos de nebulosidade devem ocorrer em algumas regiões de Santa Catarina. Temperatura em gradual elevação e alta para época do ano.

Possibilidade de neve

Segundo o meteorologista da Central do Tempo, Piter Scheuer, áreas de instabilidades associadas ao deslocamento de uma frente fria polar, promovem chuva com eventuais trovoadas inicialmente entre a madrugada e manhã nas regiões do Oeste, Meio Oeste, Serra Catarinense e Litoral Sul, se estendendo para as demais regiões durante a tarde e noite de sexta-feira (2).

O vento frio da massa polar entra com força e as temperaturas despencarão no decorrer do dia. A temperatura mínima próxima e abaixo de 0°C no período noturno e amanhecer. No fim de semana, quando as mínimas podem chegar aos 7°C negativos nas áreas altas da Serra Catarinense, como São Joaquim, Urupema, Urubici e Bom Jardim da Serra, e também nas áreas altas do Oeste, Meio Oeste, Planalto Norte e Alto Vale do Itajaí  a temperatura mínima de 3°C e 5°C negativos, no Litoral mínimas de 2°C a 8°C.

Com o frio mais intenso e a elevada umidade do ar favorecem a precipitação de neve ou de ocorrer outros tipos de fenômenos como chuva congelada, sincelo também nos morros mais altos do Topo da Serra acima dos 1400 a 1500 m, entre a tarde de sexta e se estendendo durante a madrugada e a manhã de sábado (3) em áreas altas do Meio-Oeste e Serra Catarinense.

Caso a previsão de neve se confirme, este será o segundo episódio de neve na Serra Catarinense neste ano de 2019. O primeiro foi registrado entre os dias 5 e 6 de julho.

Segundo Piter, não está descartada a possibilidade de que o fenômeno possa ser visto em alguns bairros de Lages. Muito frio ao longo do dia.

No decorrer de sábado, a nebulosidade vai diminuindo e o sol aparece. Mas o frio continua intenso. Na madrugada e amanhecer de domingo, condição de geada ampla nas áreas altas do Estado.

 

Fonte: CLmais


Veja também
Produtores comemoram a valorização da carne da truta na Serra Catarinense Produtores comemoram a valorização da carne da truta na Serra Catarinense
24 de agosto de 2019
Italianos visitam Lages para celebrar o aniversário da heroína Anita Garibaldi Italianos visitam Lages para celebrar o aniversário da heroína Anita Garibaldi
23 de agosto de 2019